domingo, 30 de abril de 2017

Vacinas para a Vida


Vacinas para a Vida

A humanidade pulou e avançou à custa delas. E isto é um facto, não é uma opinião. Por isso, não invente. Proteja-se. E proteja os seus filhos.









João Pinetree - Quantos São?

Fotografia de João Pinheiro

João Pinetree - Quantos São?

Excelente, João!

OPJ - Amarante

A Guiga, o Tâmega, Amarante
Fotografia de Anabela Matias  Magalhães

OPJ - Amarante

Tens entre 14 e 30 anos? Decide tu! E rápido que o prazo acaba hoje.

"O Orçamento Participativo Jovem (OPJ) está de regresso. A participação pode ser individual ou em grupo (deve haver um representante de grupo, que identifica os outros) mas todos têm que estar registados na plataforma www.opjamarante.pt. Se tens entre 14 e 30 anos, apresenta o teu projeto e diz-nos o que farias com 15 mil euros. Até 30 de abril, decorre o período de apresentação de candidaturas.Participa!"









sábado, 29 de abril de 2017

Professores - Os Burros de Carga do Costume


Professores - Os Burros de Carga do Costume

Os burros de carga do costume somos nós. Como se já não tivéssemos demasiado que fazer dentro das escolas e fora delas, agora reservaram-nos o papel de fiscalizadores de saúde pública e bufos dos delegados de saúde.
O governo despachou, está despachado! E atirou para canto, para os burros de carga do costume - os professores paus para todas as colheres.
Arre, burros!

Escolas devem comunicar a delegados de saúde casos de alunos sem vacinas em dia

A Rua da Cadeia

Actividades na Rua - S. Gonçalo - Amarante
Fotografias de Anabela Matias de Magalhães

A Rua da Cadeia

Esta é a rua em que muitos projectos são concebidos e passam à prática materializando-se em coisas boas que acontecem amiúde nas casas que ladeiam esta calçada, na própria calçada e ainda nos seus arredores. Esta é também a rua onde muitos projectos desembocam vindos de outras originais ruas, confluindo num cruzamento feliz entre gente que se recusa a baixar os braços e que gosta de intervir e que gosta da acção.
Hoje, as chamadas de atenção e os agradecimentos vão inteirinhos para a professora Elsa Cerqueira e para o seu esforço em trazer o cinema à ordem do dia através do Plano Nacional de Cinema implementado na ESA, para a Casamarela, que agora cruza esforços com o Plano anteriormente citado e com a Matriz que é mais do que uma loja aberta ao público pois é igualmente um Gabinete de Arquitectura e não só! (vá lá e descubra!) e ainda para a Associação Gatilho que hoje soltou os seus pequenitos no Largo de S. Gonçalo para deram largas à veia artística que, por certo!, já lhes corre no sangue.
A rua é pequena, é certo. Está quase despovoada, também é certo. Mas a actividade que por aqui se desenrola é, por vezes, quase frenética.
É caso para dizer - Temos futuro!
E deixo-vos com um pequeno vídeo da inauguração da exposição "Pássaros dentro de Filmes", ocorrida ontem e que continua patente na Casamarela!
Obrigada pela atenção, senhor coronel Artur Freitas!

História em Movimento - Amadeo de Souza-Cardoso

História em Movimento - Amadeo de Souza-Cardoso
Fotografias de Anabela Matias de Magalhães

História em Movimento - Amadeo de Souza-Cardoso

A actividade, excepcional, decorreu ontem e ocupou-nos dois tempos previstos para as sessões semanais do Clube História em Movimento. Previamente agendada com os serviços educativos do Museu Amadeo de Souza-Cardoso, e dando corpo a uma parceria feliz iniciada há muitos e muitos anos atrás, recebemos dois técnicos do Museu Amadeo de Souza-Cardoso, Daniel Ribeiro e Rosa Maria Pinto, que, depois de uma breve abordagem sobre a vida e obra de Amadeo e depois de uma rápida contextualização da época em que este artista de primeira água viveu, desafiaram os sócios do clube para uma actividade que apelava à criatividade e imaginação destes meus alunos que frequentam o 7.º e de 8.º ano e que são sócios deste clube chamado História em Movimento.
Os alunos foram previamente divididos em quatro grupos e cada grupo escolheu um envelope grande, fechado. Lá dentro estavam cópias de fotografias ligadas à vida e obra de Amadeo, recortadas ao acaso. E o desafio foi montar as peças, não todas direitinhas que isso seria demasiado simples e fácil, mas distribuí-las numa cartolina imbuídos, de algum modo, do espírito criativo deste singular artista amarantino, deste singular artista português, mundial até!
O início foi, no geral, custoso, mas depois... foi ver aquela gente a abrir asas e deixar-se levar pela fluidez da imaginação desconstruindo formas, fragmentando-as, à maneira cubista, também à maneira de Amadeo.
Estamos gratos ao Daniel e à Rosa Maria. Orientaram muitíssimo bem esta oficina deixando os miúdos e miúdas verdadeiramente entusiasmados e empolgados com a evolução dos seus próprios trabalhos... o que nem sempre é fácil aos últimos dois tempos de uma semana bem cheia de aulas e actividades.
Os trabalhos ainda não estão terminados, é certo! Mas é igualmente certo que os trabalhos já prometem ficar autênticas obras de arte!
Darei novas!

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Portugal Original


Portugal Original

Sempre a inovar, certo? E sempre a desbravar novos caminhos nunca antes percorridos, tal e qual como no tempo da expansão portuguesa.
Vamos a ver e ainda vão todos copiar-nos... não?! Seremos, mais uma vez, objecto de estudos internacionais?

"Pela primeira vez, em Portugal e na Europa, vão realizar-se provas nacionais e obrigatórias a Expressões (Físico-Motoras e Artísticas)"

Alunos conhecem enunciados cinco dias antes das provas de aferição

A Borla do 12 de Maio


A Borla do 12 de Maio

No próximo dia 12 de Maio haverá tolerância de ponto decretada pelo governo e, como tal, o mais certo será as escolas nem abrirem acompanhando os restantes serviços públicos portugueses.
Esta tolerância de ponto é, do meu ponto de vista, ridícula. Ainda por cima porque o 13 de Maio calha num sábado e, ainda para mais!, estamos num Estado laico e... blá blá blá...
Eu até gosto particularmente deste papa mas, caramba!, não havia necessidade de parar mais de metade de um país por motivos de política eleitoralista... e, claro está!, de política religiosa.
Certo?

Escolas públicas fecham a 12 de maio

Yusra Mardini


Yusra Mardini

Por norma, abrimos um jornal, ligamos a televisão, abrimos um pc e o que mais vemos e ouvimos são notícias vindas de um mundo abaixo de cão, feito de desgraças o mais das vezes mais do que desgraçadas.
Não é o caso desta notícia sobre a bela Yusra Mardini que chegou à Europa a nado, um dia, provinda, como tantos outros, da Síria.
Esta é uma história com final feliz e, por isso, a destaco hoje. Tomara que fosse sempre assim...

quarta-feira, 26 de abril de 2017

School Canteen - Ver para Querer

Projecto Ver para Querer - E. B. 2/3 de Amarante
Fotografias de Anabela Matias de Magalhães

School Canteen - Ver para Querer

Uma alimentação completa e equilibrada é condição primeira para o bem-estar que todo o indivíduo deve almejar alcançar. Esta alimentação, que se quer completa e saudável, nem sempre está garantida, quer seja nas escolas, quer seja em todas as casas dos alunos que frequentam as escolas portuguesas, sejam elas públicas e privadas. Por vicissitudes várias, que passam por carências económicas mais ou menos graves no seio de tantas e tantas famílias portuguesas mas que passam igualmente pela ignorância relativamente a uma literacia alimentar que não se domina, a alimentação da população estudantil é, frequentemente, incorrecta, desequilibrada, arriscada até em termos de saúde futura porque, convém não esquecer e ter sempre presente, nós somos também e muito! o resultado daquilo que comemos. Hoje, amanhã, depois de amanhã e assim sucessivamente.
Assim, na nossa escola vamos dando pequenos passos que por sua vez se vão somando a outros já dados anteriormente sempre com um objectivo em mente e que é simples: que os nossos alunos não rejeitem uma alimentação equilibrada e que, pelo contrário, a pratiquem. Sem fundamentalismos, claro está, porque uma ou outra transgressão é sempre permitida e apimenta-nos, quantas vezes!, a existência.
Durante a operacionalização deste projecto chamado "Ver para Querer" temos tentado dois caminhos, para além de outros, duas vias distintas mas complementares, para sensibilizar os alunos para a importância da alimentação nas suas vidas e que apelam a dois sentidos muito nossos e que são a visão e o paladar.
A novidade de hoje na nossa School Canteen foram estes individuais coloridos e muito atractivos que, cobrindo feios e velhos tabuleiros castanhos escuros, embelezaram a refeição de todos quantos hoje almoçaram na E. B. 2/3  Amarante.
Porque a conquista também se faz através das imagens que nos entram olhos adentro... "Professora, tem uma caneta para eu fazer a sopa de letras?"
Decididamente, a School Canteen já entrou na moda!

Dizem que Caetano É Foda

Caetano Veloso - Coliseu do Porto
Fotografia de Anabela Matias de Magalhães

Dizem que Caetano É Foda

Parece que a expressão popular se usa no Rio de Janeiro para classificar um tipo genial como Caetano Veloso. Ontem, 25 de Abril, Caetano apresentou-se em palco depois de uma maravilhosa primeira parte a cargo de Teresa Cristina e Carlinhos Sete Cordas.
Teresa Cristina passou-lhe o palco informando-nos que a expressão "É foda" utiliza-se no Rio e aplica-se a Caetano Veloso. E eu só posso concordar. Porque este indivíduo, nascido a 7 de Agosto de 1942, na Bahia, foi abençoado pelos deuses todos e continua em estado de graça por certo desde o seu nascimento.
Em dia de comemorações do 25 de Abril, em dia/noite de Liberdade, subiu ao palco de cravo vermelho ao peito, cantou no registo tranquilo e doce que é o dele e encantou um Coliseu esgotado por um público rendido ao seu Caetano e a músicas antigas mundialmente conhecidas e agora revisitadas como Leãozinho ou Sozinho e ainda mais recentes como a fabulosa Um Abraçaço.
Caetano Veloso é foda? Pois é! E é uma emoção!



segunda-feira, 24 de abril de 2017

Jardim Interior - Serra da Aboboreira

Jardim Interior - Serra da Aboboreira
Fotografias de Anabela Matias de Magalhães

Jardim Interior - Serra da Aboboreira

Confesso, passo-me com a Serra e com o trabalho que Ela me dá.
Serra da Aboboreira, aqui vou eu...
 
Creative Commons License This Creative Commons Works 2.5 Portugal License.