sábado, 14 de maio de 2016

A Escola Pública em Movimento - Amadeo de Souza-Cardoso

Em Movimento - EB 2/3 de Amarante 
Fotografia de Anabela Matias de Magalhães

A Escola Pública em Movimento - Amadeo de Souza-Cardoso

A Escola Pública não está paralisada. E, apesar de ter servido de saco de boxe, apesar de toda a pancadaria e mais alguma que levou nos últimos dez anos, a Escola Pública sabe ser resiliente, mexe-se a bom mexer e alinda-se para toda a comunidade educativa. Pelo menos esta, em que me encontro a leccionar, pelo menos este Pavilhão 4 habitado predominantemente pelos alunos e professores do 3º Ciclo desta Escola.
O Pavilhão 4 da E.B. 2/3 de Amarante está já mais luminoso, quente e colorido, quase quase a ficar pronto para que, no próximo ano lectivo, possa receber os alunos de braços abertos em abraço franco e caloroso.
Com Amadeo no coração. Sempre. O Homem sonha, a obra nasce, não é assim?

Nota - Os nossos agradecimentos especiais a todos os alunos que estão a participar na realização deste magnífico mural, aos Professores Miguel Taxa, o autor do projecto, e Antero Pereira e ainda ao meu aluno um dia, na Escola Secundária de Amarante, agora quase Senhor Arquitecto, Pedro Pereira de seu nome, que tem dado uma preciosa ajuda para a conclusão desta magnífica obra.

3 comentários:

Tecas disse...

Muitos parabéns pela excelente ideia e trabalho.
Assim vale a pena! Beijos

Anabela Magalhães disse...

Muito grata pelas tuas carinhosas palavras, Tecas!
Beijo enorme!

Diga Não à Inércia disse...

Muitos parabéns, Anabela Magalhaes!

A resiliência em defender o que muitos querem destruir (escola pública) é um acto heróico nos tempos que correm! Um grande bem haja, Anabela Magalhaes!

Precisamos que todos deixem a sua zona de conforto, deixar o estado de inércia e defender o que é de todos... a escola pública!!!

De: João Chambel

 
Creative Commons License This Creative Commons Works 2.5 Portugal License.