domingo, 30 de setembro de 2012

Medina Carreira Sem Papas na Língua

Medina Carreira Sem Papas na Língua

Em 2009. Hoje recordo as suas palavras premonitórias e lúcidas. Infelizmente verdadeiras para todos nós.


O Extraordinariamente Inteligente e os Ignorantes

O Extraordinariamente Inteligente e os Ignorantes

Uma pessoa escuta isto e não acredita! E fica sem palavras... porque só sobram os disparates... e a vontade de lhe espetar com uma lontra bem gorda e cheia na cara...
E se te calasses, António Borges, que és principescamente pago por todos nós e ninguém te paga para incendiares Portugal?
Quantos buracos apertou já o teu gordo cinto da remuneração, António Borges?


Perigosos Zecos


Perigosos Zecos em Acção - Terreiro do Paço - Lisboa
Fotografias de Eugénio Mourão
 
Perigosos Zecos
 
Só podem ser perigosos... para fazerem mais de 700 km pela causa da contestação...

Ainda a Manif

Ainda a Manif

Aproveito para a ver, agora noutra perspectiva. A praça vai enchendo. A esta hora ainda estávamos parados no trânsito à entrada de Lisboa. Nós e muiiiitos outros que seguiam nas camionetas à nossa frente e atrás de nós.


Manif e Polícia

Manif e Polícia

A polícia chega à praça e é aplaudida...
Obrigada pela companhia saborosa. Unidos pelas dificuldades e pela indignação, demos uma lição de civismo contestatário ao mundo.


Manif - 29 de Setembro de 2012

Amarante em Destaque - Manif - 29/9/2012 - Lisboa
Anónimos em Destaque - Manif 29 de Setembro de 2012 - Lisboa
Fotografias de Eugénio Mourão
 
Manif - 29 de Setembro de 2012

A concentração fez-se no Terreiro do Paço e fez-se de gente pacífica e ordeira vinda do Norte, do Sul e também do Centro do país.
A nossa camioneta, a 111 saída do distrito do Porto, saiu cheia. Chegados a Lisboa, às imediações do local da concentração, pudemos constatar um fluxo constante de gente que se deslocou, por muito e muito tempo, pelas artérias da rua da Prata, da rua Augusta e da rua do Ouro em direcção ao Terreiro do Paço.
Já vi imagens aéreas, lindas, de uma praça viva e cheia, em dia de sol a rodos, 28º em Lisboa e o tempo a convidar a uma deslocação à praia... a que não fomos, porque a hora é de luta e quem está descontente com o rumo desta (des)governação tem o dever de se fazer ouvir, de espernear e esbracejar até não mais poder. Foi o que fizemos hoje, é o que faremos amanhã.
É claro que o grandioso Terreiro do Paço só encheu... porque o David apareceu... eheheh... e foi bom, bom conhecer finalmente a figura em carne e osso conhecida primeiro à conta de uma blogosfera docente, plural e opinativa, feita de múltiplas visões que nos enriquecem a todos... acho eu... eheheh... às vezes... talvez...
Até breve, Lisboa! Agradecida pela companhia, companheiros: Elisabete, Manel, Eugénio, Luís, Bruno, França, Maria, Margarida, Helena, Tó... e todos os outro(as) que hoje fizeram um concerto pegado em direcção a casa, papando quilómetros ao som de um José Cid magnífico... abrilhantado pelas nossas vozes melodiosas como o raio que as parta...
Boa! Para repetir não tarda nada, parece-me...


sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Eu Também Não Aceito

 
 Eu Também Não Aceito

Yes, we can!

Manif - 29 de Setembro

 
 Manif - 29 de Setembro

Os professores também estarão presentes.
Eu vou. E tu?

Música Com Dedicatória

Música Com Dedicatória

Também lhe desejei boa sorte...  só que a oportunidade dele transformou-se no nosso pior pesadelo...


PQP

PQP

Esta notícia "Défice do primeiro semestre atinge 6,8% do PIB", cruzada com esta "Estado dá a vinte empresas 850 milhões de benefícios fiscais" e com esta "Estado deu benefícios fiscais a empresas de 2,6 mil milhões em dois anos"... faz-me perder a paciência e tecer apenas um comentário -
PQP... que me roubam os tostões que são meus por direito porque são unicamente fruto do meu trabalho!

Novas da Manif de Amanhã

 
Novas da Manif de Amanhã

"O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP anunciou hoje que várias artérias de Lisboa vão estar condicionadas ao trânsito no sábado, devido à manifestação convocada pela CGTP em protesto contra as medidas de austeridade.
Segundo a PSP, a principal concentração da manifestação está prevista para as 14:00, na Praça dos Restauradores, seguida de desfile até à Praça do Comércio, passando pela Praça D. Pedro IV (Rossio) e Rua do Ouro."
Pode ler o resto da notícia aqui.

E entretanto recupero duas notícias mais antigas, com dois apelos de força:

Movimentos e forças de segurança participam na manifestação agendada sábado

Plataforma 15 de Outubro apela à participação na manifestação de sábado

E deixo uma certeza - a manifestação de dia 29 de Setembro de 2012 será uma das maiores das já vistas em Portugal. 

Última Hora

Última Hora

Défice do primeiro semestre atingiu 6,8%

PQP! Depois dos tratamentos de choque aplicados sobre os rendimentos do trabalho da maioria dos trabalhadores portugueses, estamos agora mais próximos do que nunca da morte.
O erro, por defeito, é clamoroso. E agora pergunto eu... não há consequências a tirar disto a não ser a aplicação de mais tratamentos de choque e agora ainda mais violentos? De quem é a responsabilidade disto? Não merecemos uma explicação dos nossos (des)governantes?
Está já muita gente a avisar e eu aproveito este post para deixar aqui a minha convicção - continuamos nesta trajectória suicída e morreremos da cura.


A Cereja no Topo do Bolo

A Cereja no Topo do Bolo

Ou "Cada cavadela, sua minhoca!"

Conselho de Ética admite racionar medicamentos a doentes terminais

"O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida defende que é possível não fazer alguns tratamentos médicos a doentes com cancro, SIDA, ou doenças reumáticas, se tal não se justificar economicamente."

No meio de tanto ruído, de tanta incerteza quanto ao futuro, de tanto corte em tudo e mais alguma coisa... de facto, só nos faltava mais esta.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

De Vómitos

De Vómitos

Quem tem acompanhado minimamente a novela rasca dos chamados "concursos" de professores sabe que a pouca vergonha é completa e é de vómitos. Depois das alterações a confusão persiste.
Porca miséria! Eu até já me lembrei com saudades dos miniconcursos...

Acho Bem

Acho Bem

Professores do superior poderão ter aumentos em 2013

Acho bem porque o esforço não deve ser de todos mas apenas de alguns e estes alguns, chamados ao esforço colectivo de sacrifícios, devem ser, evidentemente, os que pior ganham.

Destacamentos para Timor-Leste

Destacamentos para Timor-Leste

A candidatura decorrerá entre 1 e 4 de Outubro, para os grupos de recrutamento 100 (4 vagas) e 110 (19 vagas).

Veja mais aqui.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Farmácias de Luto

Farmácias de Luto

Não sei se a maioria dos portugueses sabe o que se passa com o sector da farmácia em Portugal mas a situação é dramática e, a continuarmos assim, 2013 será o ano do fecho para centenas de farmácias em Portugal, deixando a descoberto populações inteiras que necessitam de medicamentos, alguns necessários à manutenção da vida.
Alerto-vos para a situação da Grécia com a certeza que o caminho que está a ser trilhado neste sector, agora em Portugal, é exactamente o mesmo e eu sei bem do que falo. Só estamos mais atrasados no tempo... mas, com mais tempo e a continuarem as mesmas políticas, assistiremos à destruição completa de um sector que conheci em tempos como um sector que funcionava muito perto da perfeição e que sempre foi para mim fonte de inspiração para fazer mais e melhor.

O início da notícia que abaixo transcrevo é de hoje. Pode ser lida, na íntegra, aqui.

"A Associação Nacional de Farmacêuticos da Grécia decidiu interromper, a partir de 1 de setembro, a entrega gratuita de medicamentos receitados por médicos contratados pelo Organismo Nacional de Saúde (Eopyy)."

E por aqui a farmácia portuguesa está de luto. Hoje foi o dia em que assinei a petição recentemente lançada e intitulada "Petição pelo acesso de qualidade aos medicamentos e condições necessárias ao normal funcionamento das farmácias".
Convido os meus leitores a fazerem o mesmo.




Novas da ADD

Novas da ADD

De vómitos. E estamos nós nem de fio dental!!!
Entretanto eis a enoooooorme novidade para já - As quotas passaram a percentis!!!
Meus deuses, com o que esta gente perde tempo...

O Fim da Festa, a Falência do Ocidente

O Fim da Festa, a Falência do Ocidente

Um documentário a ver com muita atenção. Com a qualidade BBC.


Fundações

Fundações

Não são todas iguais. Há-as fantásticas... mas também as há fantasmas. De qualquer modo, muitas são autênticos sorvedouros de dinheiros públicos. Pena que tenha sido preciso vir a Troika colocar ordem nisto. Pena!
Fundações públicas... para quê?
Fundações privadas a viverem dos dinheiros públicos?!!! Para quê? Qual o sentido disto tudo... mesmo num país a viver à farta... que fará num país que nem de fio dental está?!
Vejam... vejam a aflição... a sem vergonhice total... o regabofe intolerável...


terça-feira, 25 de setembro de 2012

O Canto da Cigarra

O Canto da Cigarra

“Professores têm a profissão mais linda do mundo”

Por isso é que ele os está a despedir... perceberam?

Cerca o Congresso

Cerca o Congresso

Está cercado. O protesto faz-se contra todos os políticos de esquerda, de direita, de centro. De facto, a percepção de que vira o disco e toca o mesmo e que a classe política está/é vendida ao poder financeiro é comum entre muitas populações, não só a espanhola.
Mais uma vez as redes sociais a desempenharem um papel extraordinário na mobilização das massas. Tal como tivemos uma Primavera Árabe, teremos agora um Outono Europeu.
Vamos ver mais. Mais manifestações gigantescas, mais protestos, mais violência. E um dia a casa vem abaixo... estou farta de avisar...

Fotos da manifestação de hoje, e que ainda decorre, aqui.

Manif - 29 de Setembro - Apoios

Fotografia surripiada aqui.
 
Manif - 29 de Setembro - Apoios

Polícias juntam-se a manifestação e planeiam greves

Que se lixe a troika!' apela à participação na manif de sábado

Depois do apoio dos polícias e afins, este é um apoio saboroso que eu compreendo e subscrevo. Já o contrário eu não teria visto com bons olhos.
De resto, espero que a manifestação seja um êxito, no mínimo gigantesca, do tamanho da minha indignação.
Eu vou. E tu?
E onde anda a UGT?

Queixa Crime - Traição à Pátria

Queixa Crime - Traição à Pátria

Governantes portugueses alvo de queixa-crime por 'Traição à Pátria'

O meu aplauso aos seus autores.

E Agora para Algo Realmente Piadético... Digo, Patético

E Agora para Algo Realmente Piadético... Digo, Patético...

"Romney quer que os passageiros possam abrir as janelas dos aviões"

E assim vamos pelas américas... patético...

Direitos Num País Torto

Direitos Num País Torto

"Os antigos administradores da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) "têm o direito" a receber uma remuneração durante dois anos após terem saído de funções por não poderem assumir qualquer cargo no sector da energia, refere o novo estatuto do regulador.
Publicado hoje em Diário da República, o novo estatuto da ERSE indica que, depois do termo do seu mandato, "os membros do conselho de administração ficam impedidos, durante um período de dois anos, de estabelecer qualquer vínculo de natureza laboral, contrato de prestação de serviços ou qualquer relação, directa ou indirecta" com as empresas ou organismos regulados pela instituição."
Notícia completa aqui.

Ou seja, quilha-se bem quilhado o mexilhão enquanto se protege a bom proteger, com almofadas e almofadinhas e paninhos quentes fofinhos, o tubarão.

Nota - Quilhar é termo bastante usado aqui pela minha região, desconhecendo eu se se usa noutras.
O Dicionário Informal Brasileiro apresenta os seguintes sinónimos: tramar lixar urdir prejudicar
Por aqui tem ainda outro, o mais forte deles todos, mas que eu me abstenho de reproduzir... 

Trabalho

Auto-Retrato Parcial Florido - Soajo - Portugal
Fotografia de Anabela Matias de Magalhães
 
Trabalho

Retomei o trabalho no ex-Blogue História 7º Ano agora rebaptizado de História 3º Ciclo. Porque o trabalho, iniciado no ano lectivo anterior, com postagens dirigidas aos meus alunos que frequentavam o sétimo ano, prolonga-se agora com postagens para o oitavo ano de escolaridade.... nono ano depois... assim o espero, cobrindo toda a matéria de História do 3º ciclo de escolaridade.
Este é o trabalho que me deixa feliz e que eu dedico, por inteiro, aos meus alunos.
Não me posso esquecer que só existo, profissionalmente falando, por causa deles. Por isso eles continuam no centro da minha acção.
E sou formiga sem deixar de ser cigarra...

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Dia 29 - Manif - Lisboa

Manif - ME - Lisboa
Fotografia de Anabela Matias de Magalhães
 
Dia 29 - Manif - Lisboa

O reforço do protesto faz-se notar com estes manifestantes de peso. Será já no próximo sábado, dia 29, na manifestação convocada para Lisboa.

Polícias juntam-se aos protestos das centrais sindicais
A decisão envolve a PSP, a GNR, os Guardas Prisionais, a ASAE, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e a Polícia Marítima. O primeiro protesto será na manifestação da CGTP no dia 29.

Pelos Açores

Pelos Açores

Para quando uma proposta de redução dos deputados nacionais e a sua posterior aprovação?
Não é para cortar nas gorduras do Estado? Ou as gorduras somos nós?!

Berta Cabral (PSD) desafia partidos a aprovar redução do número de deputados

À Vontade!

À Vontade!

Por mim, à vontade. A medida só peca por tardia.

Maço de tabaco deve passar a custar mais de 5 euros

Da Cigarra

Da Cigarra

"O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, recebe todos os meses cerca de 1400 euros por subsídio de alojamento apesar de ter um apartamento seu na área de Lisboa onde reside durante toda a semana."

"Era uma vez uma cigarra e uma formiga que eram comadres em Braga e se encontram na capital e uma delas pergunta à outra: "Olha lá, se há vinte anos que tens casa em Lisboa como é que recebes 14 mil euros anuais de subsídio de deslocação?"
Ao que a outra responde, com um sorriso malandro: "Ó filha, o que queres? O mundo é dos espertos."

Moral: não importa quem é a cigarra ou a formiga. Na vida real, de resto, as cigarras e as formigas nem falam. Os actos. Os actos é que, esses, falam por si."

Rui Zink

Nota - A historinha, deprimente, foi surripiada aqui.

Brincadeira - Mete e Tira

Brincadeira - Mete e Tira

Continuamos com o jogo do mete e tira, agora versão EFA.
Porca miséria!

domingo, 23 de setembro de 2012

Aviso à Navegação - Formiga e Cigarra

Auto-Retrato - Museu de Arte Sacra - S. Domingos
Fotografia de Anabela Matias de Magalhães
 
Aviso à Navegação - Formiga e Cigarra

Aviso desde já que sou formiga e cigarra... ou será que é ao contrário?... e que não pretendo deixar de ser nem uma coisa nem outra.
Ouviu, senhor ministro?

Miniconcursos

Sabonetes das Caldas de Canavezes - Marco de Canavezes
Fotografia de Anabela Matias de Magalhães
 
Miniconcursos

Fui contratada até aos trinta e tal anos de idade. Nesse tempo, anos oitenta e noventa, concorríamos anualmente a um lugar de quadro e, caso não o obtivéssemos, já então era difícil, restavam-nos os Miniconcursos, no início de Setembro. Concorrer em Setembro ocupava-nos dois dias. Comprávamos o impresso e alinhavávamos o concurso na véspera, com muito cuidado preenchendo as vagas que nos interessavam. Primeiro isto exigia uma deslocação prévia ao Porto, depois passou a poder ser feito aqui mesmo em Amarante. No dia do concurso lá íamos em grupo/excursão até à Invicta, inicialmente tudo era tratado no Liceu D. Manuel, algures no tempo este concurso deslocou-se para uma outra escola na Praça da Galiza. De qualquer modo, este era o dia em que tínhamos de enfrentar filas monumentais, e nós achávamos tudo aquilo uma sem vergonhice porque era demorado e chato, mas a gente lá se organizava e íamos em bando solidário, muitas/muitos a concorrerem para os mesmos lugares, amigas e amigos de infância que nunca se olharam como rivais. Mas acabava ali e com uma segurança - o  impresso era fiscalizado ali mesmo, no acto da entrega.
O concurso era limpo, tanto quanto sei. É certo que não asseguro que não houvesse uma trapaça aqui e outra ali porque entre este people sempre houve e haverá uns artistas, mas a verdade é que desconheço atropelos.
Nos miniconcursos éramos ordenados segundo a graduação, se houvesse erros detectados éramos reposicionados na lista com o número correcto e uma alínea à frente com b ou c, ou o que fosse e existiam regras claras para a ordenação que todos entendíamos e aceitávamos.
Os miniconcursos eram pacíficos.
Agora, passados todos estes anos em que devíamos ter evoluído e não regredido, a coisa está pior do que nunca, com atropelos atrás de atropelos, conscientes ou não, com regras por vezes pouco mais que obscuras e elas próprias atropeladas e a coisa está a fazer da vida dos contratados, por estes dias, um inferno quotidiano.
Lamento por eles. E farta de pensar na coisa... formulo uma questão - Não seria melhor ressuscitarem os Mini? Será impossível, nos dias que correm, organizarem um concurso transparente e asseado?

Entretanto, e como sinto que está muita gente a precisar de se lavar, de lavar o corpo e a alma, partilho com o mundo uns magníficos sabonetes, sempre gostarei deles, os preferidos da minha mãe, das Caldas de Canavezes, também eles ressuscitados, um dia destes... e em muito boa hora...

sábado, 22 de setembro de 2012

Moção - Plataforma pela Educação

 
 Moção - Plataforma pela Educação

Disse o que ia fazer aqui. Como gosto de me pautar por uma seriedade um pouco fora de moda e faço questão de ter uma acção de acordo com a palavra que digo ou escrevo, indiferente para mim o registo ou não dela contando apenas os compromissos que assumo comigo mesma, passei à acção, meti pés ao caminho e em apenas dois dias consegui 44 assinaturas de pessoas que subscreveram a moção através da qual se pretende pressionar os sindicatos a actuarem de forma mais original do que a simples marcação de uma greve de um dia que meia dúzia de profs cumprem, não adiantando nada com isso, apenas fazendo mossa ao seu bolso.
Por mim até era greve por tempo indeterminado... mas já nem formulo muito esta hipótese não vá levar com um paralelo na cabeça... sabe deus o que já ouvi... sabe deus o que já ouvi quando a coisa é tão simples - ler, concorda assina, não concorda não assina. E ponto final.
Agora... quem mais pode, e quer, passar à acção nas suas escolas/agrupamentos?
É que todos somos poucos.

Não, Não Há Corrupção...

Não, Não Há Corrupção...

Cândida Almeida deverá ser a nova Procuradora Geral da República

Não, não há corrupção... não, não há corrupção... não, não há corrupção... estou convencida eu de que... yupi!
Valeu!
É o que dá quando os cargos se transformam em ossos que deixam gente a salivar... porca miséria!

As Notícias Nunca São Boas


As Notícias Nunca São Boas
 
Por estes dias... e pelos que ainda se seguirão...

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Acordai!

Acordai!

E se te calasses, ó jornalista, e deixasses apenas ouvir o canto desta letra e música magnífica?


Vigília - Belém

Vigília - Belém

Queria muito estar agora em Lisboa, em Belém, a gritar a minha indignação pelo estrangulamento de uma população. Como tal não foi possível, grito daqui - Fora com os polvos partidos políticos que se comportam como agências mafiosas que minam, minam, corroem, corroem, corrompem, corrompem... e levam um país à míngua, preparando-se para deixar a população a pão e água.
A percepção da sem vergonhice é cada vez maior e partilhada por cada vez mais gente e... um dia destes isto vai dar m****!

Sem Vergonhice

Sem Vergonhice

Confesso que não gosto deste país onde impera, cada vez mais, o chico-espertismo, o não cumprimento da lei, o atropelamento dos direitos de quem trabalha. E tenho vergonha de quem assim faz. E vasculha-se... e lá está, políticos à mistura... um cancro com ramificações que não acabam nunca e minam este país.
Obrigada pela partilha, Teresa Almeida!


Petição - Mudança no Sistema Eleitoral

Petição - Mudança no Sistema Eleitoral

POR UMA ALTERAÇÃO AO SISTEMA ELEITORAL EM PORTUGAL

Exmª Srª Presidente da Assembleia da República

Ao abrigo do direito de petição consagrado no artigo 52.º da Constituição da República Portuguesa, os signatários abaixo designados consideram a seguinte proposta a pleitear pelas medidas oportunamente indicadas.

FACTOS:
1- A constituição da República Portuguesa no seu Artigo 109.º (Participação política dos cidadãos) considera que a participação directa e activa de homens e mulheres na vida política constitui condição e instrumento fundamental de consolidação do sistema democrático, devendo a lei promover a igualdade no exercício dos direitos cívicos e políticos; Portugal é um Estado de direito democrático, estando consagrado na sua constituição, Artigo 2º, o aprofundamento da democracia participativa.

2- A Constituição da República Portuguesa confere a todos os cidadãos, por igual, a liberdade de votar e de ser eleito, mas, na verdade, a liberdade de ser eleito é condicionada pelo intermediário partidário;

3- Os partidos apresentam-se centrais no sistema político através do seu papel no Estado, um papel no Estado que é regulado pelos próprios partidos, o que lhes confere uma imagem cartelizada que opera como um monopólio;

4- Os cidadãos portugueses sentem-se insatisfeitos com os partidos políticos, mas não com a Democracia.

5- O actual sistema eleitoral dito de listas partidárias reforça o poder dos partidos e limita as capacidades de escolha dos cidadãos.


ENQUADRAMENTO E AFIRMAÇÃO:
É tarefa fundamental do Estado Defender a democracia política, assegurar e incentivar a participação democrática dos cidadãos na resolução dos problemas nacionais. A democracia portuguesa, o seu sistema político em particular, necessita de um período de reflexão e debate que lhe permitam avaliar o caminho percorrido e ponderar em soluções para as próximas décadas. Consideramos que a constituição não pode ter por base um passado ultrapassado inserido no contexto da democratização em Portugal onde os partidos surgiram como organizações em que a questão mais premente era a democratização. O que constatamos é que isso influencia ainda hoje, significativamente, o processo, o relacionamento dos partidos dentro do sistema político português.
Sobre o processo eleitoral, constata-se a falta de reconhecimento entre o eleitor e o candidato eleito. Desagrada-nos sentir que não é possível votar em pessoas, que não é possível alterar a ordem dos candidatos, que não é possível eliminar candidatos. Acresce ainda que nem sequer é seguro que os candidatos eleitos sejam os que virão exercer os seus mandatos - os candidatos eleitos podem ser substituídos por candidatos não eleitos.

Existem assim problemas políticos e sociais no funcionamento do sistema eleitoral, partidário e representativo em vigor. A impossibilidade de eleger independentes, representantes de movimentos cívicos ou até de partidos locais e regionais, determina que a maioria dos cidadãos não tenha acesso verdadeiramente livre à participação politica - o direito de eleger não coincide entre nós com o direito de ser eleito. Os eleitores não são todos elegíveis, a não ser que se inscrevam em partidos ou em listas partidárias - este é o facto que desejamos mudar.


DO PEDIDO:
Considerados os fatos narrados, em conjunto com o que dispõe o direito invocado, pretendem os Requerentes verem reconhecidas e adoptadas as seguintes providências:
1- Alteração ao nº 2 do Artigo 10.º da Constituição da República Portuguesa para que seja possibilitada uma alteração ao sistema eleitoral visando uma democracia mais participativa e não exclusivamente partidária.
2- Alteração ao nº4 do Artigo 51º da Constituição da República Portuguesa permitindo a criação de partidos de âmbito regional, no âmbito de eleições autarquicas.
3- Alteração ao nº1 do Artigo 114º da Constituição da República Portuguesa permitindo a inclusão dos grupos de cidadãos eleitores.
4- Alteração ao nº1 do Artigo 151º da Constituição da República Portuguesa permitindo a candidatura dos grupos de cidadãos eleitores.
5- Iniciativa dos deputados para apresentação de um projecto de lei de alteração à Lei Eleitoral para a Assembleia da República visando a eleição por Círculo eleitoral sem exclusivismo partidário, com alteração neste sentido do nº1 do Artigo 21 (poder de apresentação) da referida lei. Ponderar a organização de acto eleitoral distinto para a Assembleia da República e para o Governo. Deverão ainda considerar o disposto do Artigo 149º da Constituição da República Portuguesa (Círculos eleitorais) que possibilita a existência de círculos uninominais.


São os termos em que pedem deferimento.


Coimbra, 26 de Julho de 2011

Os signatários

Eu já assinei. Os meus leitores, se concordam, também podem assinar aqui.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Olhos nos Olhos - Corrupção

Olhos nos Olhos - Corrupção

Aconselho vivamente o visionamento deste programa, acontecido no passado dia 17 de Setembro, com Paulo Morais e Medina Carreira.
Mesmo não concordando com tudo o que Medina Carreira diz a respeito das manifestações...


Scuts

Scuts

O que já sabíamos. Muiiiiiiito obrigada pê esse! Por isto... para além de tudo o resto...

Acordai

Acordai


Excelente iniciativa. Nada como dar latadas de luva branca.
Aprenderão?



Como gostaria de estar presente fisicamente em Lisboa... mas não dá. Estarei, no entanto, em pensamento com todos quantos amanhã se manifestarão... a cantar...


Acordai
homens que dormis
a embalar a dor
dos silêncios vis
...vinde no clamor
das almas viris
arrancar a flor
que dorme na raíz

Acordai
acordai
raios e tufões
que dormis no ar
e nas multidões
vinde incendiar
de astros e canções
as pedras do mar
o mundo e os corações

Acordai
acendei
de almas e de sóis
este mar sem cais
nem luz de faróis
e acordai depois
das lutas finais
os nossos heróis
que dormem nos covais
Acordai!

Todos a Belém!


Todos a Belém!
 

Bloco 103

 
 Bloco 103 - Mário Rita

Aqui deixo o convite para a inauguração da exposição de pintura para quem estiver interessado e puder aparecer.
Eu, infelizmente longe e a trabalhar, não poderei marcar presença. No entanto, não poderia deixar passar este evento sem desejar a maior das sortes ao pintor Mário Rita e ao galerista Miguel Justino Alves.
Acompanho os vossos percursos à distância de um clique. E gosto. E gosto muito.

Excelente Notícia...

Excelente Notícia...

... e não, não estou no gozo. Se há domínio em que governo e portugueses tem tido um êxito assinalável é este dos juros cobrados pelos credores a Portugal. Estamos já longe da doideira onde estivemos e será desejável que continuemos a afastar-nos dela.

"O Estado colocou hoje mais dois mil milhões de euros de dívida no mercado, mais 250 milhões de euros que o máximo indicativo estipulado e pagando juros consideravelmente mais baixos que nas últimas operações com prazos semelhantes."

Excelente Praxe

Excelente Praxe

Fiz por escapulir à minha, na Faculdade de Letras do Porto, por nunca ter achado muita graça a parvoeiras, por vezes simplesmente parvas, por vezes até perigosas, para além da graça que potencialmente poderão ter.
Hoje foi dia de ler com agrado uma notícia de praxe útil. Gosto desta acção positiva, que fica e que se vê e que permanece após a acção.

"Centenas de alunos do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) tiveram hoje um dia de praxe diferente e muniram-se de rolos, trinchas e 1500 litros de tinta para pintar quatro edifícios do bairro da Ajuda, em Lisboa."

O Meu Aplauso

O Meu Aplauso

Para Maria Teresa Horta e para Pedro Dias.

Mountain Quest 2013 - Promoção

Mountain Quest 2013 - Promoção


quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Ri-te, Ri-te!

Ri-te, Ri-te!

Juro que não entendo como estes políticos não entendem que um dia destes à conta de tanto esticar a corda, da paciência dos portugueses, ela se vai partir. E que um dia destes eles podem ser o elo mais frágil. Já faltou mais.

Hoje por Faro foi assim.

Vamos Todos ao Conselho de Estado

Vamos Todos ao Conselho de Estado


Se Maomé Não vai à Montanha, Vai a Montanha a Maomé

Se Maomé Não vai à Montanha, Vai a Montanha a Maomé
 
A sugestão foi do Carlos Gomes e eu entrei logo em acção.
A moção que agora partilho foi aprovada pelos presentes, onde me incluo, na 2ª Vigília pela Educação que teve lugar na segunda-feira passada, em vários pontos do país, também na Avenida dos Aliados, no Porto.
Partilho-a na esperança de a ampliar desejavelmente muito. Há professores nas escolas que nunca ouviram falar da Plataforma, que lhes escapou por completo a acção de luta deste grupo de professores como eu, como tu, como nós e que apenas meteram pés ao caminho tentando fazer diferente, tentando fazer, tentando dar um sentido à luta, que já organizaram uma primeira vigília em Julho, que organizaram agora uma segunda, que provavelmente organizarão uma terceira... ok, bem sei que haverá sempre professores à margem das lutas, sejam elas de que teor forem porque agora assim e depois assado e mais à frente cozido, arranjando sempre desculpas para não se comprometerem com o que quer que seja. Este post não se destina a essa estirpe. Este post também não se destina aos que genuinamente não concordam com a luta por subscreverem as políticas do governo. Pelo contrário, este post destina-se aos professores que, lendo a moção, concordam com ela e, atenção!, caso ela tenha pernas para andar sejam capazes de adequar o seu acto à sua palavra. 
Concordando, peço que a divulguem e que façam o que eu vou fazer já a partir de amanhã e que vai ser angariar subscritores que estejam dispostos a dar o corpo ao manifesto num futuro próximo, caso seja necessário dá-lo.
É agora ou nunca. Depois não andem a chorar baba e ranho pelos cantos. 
 
 
Plataforma Pela educação - INFORMAÇÃO

Como nos tem chegado informação que muitos colegas não tiveram conhecimento da 2ª Vigília pela Educação de DIA 17, segunda feira, ONDE FOI APRESENTADA E VOTADA, nas seis cidades do país, uma MOÇÃO de luta para vencer este capitalismo financeiro que trata as pessoas como de coisas se tratassem.

Vimos agora propor:


 • Que nas ESCOLAS os professores divulgassem a nossa proposta, EM ANEXO e efectuassem as devidas assinaturas.
• Que enviassem a Moção com as assinaturas até dia 26 de Setembro para (Carlos Gomes), E.B Francisco Arruda, Calçada da Tapada, 152, 1349-048 LISBOA.
• Que nos EVENTOS, de dia 21, 18.00 horas, “Que se lixe a Troika! Queremos as nossa vidas”, esteja à disposição das pessoas uma banca para assinatura da nossa Moção (digam os Pontos de Encontro).
LISBOA, Palácio de Belém, junto à porta do Museu dos Coches.
• Que após a reunião da Plataforma (dia 29 ou 30), duas delegações irão entregar a Moção, com as assinaturas, à FENPROF e à FNE.
.Que existira nestes meses até á queda do governo as VIGÍLIAS necessárias, a 3ª em b
 
MOÇÃO

"A primeira operação do terrorista financeiro sobre a sua vítima é a do terrorista convencional: o tiro na nuca. Ou seja, retira-se todo o carácter à pessoa, coisifica-se! (
Juan José Millás)
• 852 mil desempregados,
• 160 mil jovens desempregados,
• 108 mil jovens licenciados no desemprego,
• 460 mil desempregados sem subsidio de desemprego.
• Mais de 100 mil portugueses que emigraram por ano,
• 11 mil jovens ficaram sem bolsa no ensino superior
• Trabalhadores, sem metade do subsídio de Natal,
• Funcionários públicos e os reformados sem dois salários e pensões este ano,
• 25 mil professores em situação de precaridade.

Esta ”arrogância do pensamento inevitável é o contrário da liberdade. E nestes estranhos dias, duros e difíceis, podemos prescindir de tudo, mas não podemos prescindir nem da Liberdade nem do Futuro.” (António Nóvoa) Por isso, estamos aqui para dizer BASTA! Para dizer que Nuno Crato tem vergonha de assumir o que foram as políticas do governo da troika que determinaram o maior despedimento de professores de sempre em Portugal.
Tem vergonha de nomear essas políticas:
• Aumento do número de alunos por turma,
• Aumento do tempo lectivo dos professores,
• Constituição de mega-agrupamentos,
• Fim dos desdobramentos de turmas nas disciplinas práticas diminuindo as condições para o ensino experimental,
• Fim do par pedagógico, da disciplina de Educação Visual e Tecnológica e da disciplina de Educação Tecnológica,
• Eliminação das disciplinas de Formação Cívica, Área Projeto e do Estudo Acompanhado.
Ou seja, Crato escolheu diminuir a qualidade do ensino, prejudicando alunos e pais, tudo para poder despedir milhares de professores e poupar na despesa, obedecendo às Finanças e à Troika.

Fartos destas MENTIRAS E DO DESRESPEITO PELAS PESSOAS, os professores reunidos em Vigília, no dia 17, segunda-feira, fazem ouvir a sua indignação em defesa da Escola Pública.

Para parar com a DESTRUIÇÃO DA ESCOLA os professores, reunidos em plenários, PROPÕEM ENCERRAR AS ESCOLAS na perspectiva que todos os outros sectores de actividade tomem a palavra e decidam QUE O PAÍS PÁRE TORNANDO VISIVEL A INDIGNAÇÃO DE PORTUGAL.
As escolas devem parar durante uma semana:
1º DIA - marcação de reuniões ao abrigo da lei sindical, mesma hora em todo o país;
2º DIA – paralisação do pré-escolar e 1º ciclo
3º DIA – paralisação do 2º e 3º ciclo
4º DIA – paralisação do secundário
5º DIA – greve nacional da função pública

Os sindicatos farão com certeza o que lhes for mandatado DESDE QUE SEJA LEGITIMADO POR UM MOVIMENTO SOCIAL SUFICIENTEMENTE CONVINCENTE!
É preciso acreditar que HÁ OUTRO CAMINHO! Estamos juntos, estamos vivos!
Plataforma Pela Educação

Deixa-me rir

Deixa-me rir

Professores vão ser escolhidos por entrevista

"O recrutamento dos professores para os 690 horários disponíveis vai ser feito através de “um processo em que há um peso de 50% da graduação profissional e de 50% de uma entrevista ou ponderação curricular", revelou o secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar, João Casanova de Almeida, na terça-feira, no Parlamento, citado pelo Diário Económico.
O responsável sustentou ainda que este método de recrutamento é “mais transparente e equilibrado" e “vem travar o amiguismo".
 
Comentário meu - A lata não tem fim... não tem fim...

Só Boas Notícias

 
Só Boas Notícias

Uma a dos deputados que, coitados!, têm de fazer pela vida... já que a vida está difícil para todos e especialmente penosa para eles.

A outra é que já não nos vão roubar 250 milhões por causa de não sei o quê das PPP...
Não é assim?!

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Veremos

Veremos

"O secretário de Estado do Ensino e Administração Escolar, João Casanova de Almeida, garantiu nesta terça-feira que "nenhum professor com ausência de componente lectiva [ou seja, sem dar aulas] entrará em mobilidade especial"."                           

Trabalho

Auto-Retrato na Barca - Serra da Aboboreira - Amarante
Fotografia de Anabela Matias de Magalhães
 
Trabalho

Os meus trabalhos prosseguem na Barca servindo-me eu deles para fazer uma terapia física e psíquica constante. Sim, sou uma construtora, para além de recolectora... e tanto trabalho com pedras pedras como com pedras apresentações em PowerPoint. Este ano, o meu trabalho, para os meus alunos... e não só... continuará a ver-se por aqui... e por aqui... assim o MEC me deixe...

Recepção a João Casanova

Recepção a João Casanova

É certo que os políticos têm a população à perna. E que, dentro da população em geral, alguns professores também não lhes dão tréguas. E é igualmente certo que os políticos tudo têm feito para merecer estes mimos. Eu acho tudo muito bem. Pois se o povo acredita na justeza da sua luta... pois que lute.

Veja aqui a recepção, simpática, por terras de Gouveia, a João Casanova.

A Palavra a João Cravinho

A Palavra a João Cravinho

Ligeira, entre risos e gargalhadas... como se o erro colossal que nos custou 45 milhões de euros em cinco anos fosse coisa de trocados.
Talvez se os políticos fossem responsabilizados pelas suas decisões... sei lá eu... é uma ideia perfeitamente idiota que acabo de ter...

A Luta Continua

A Luta Continua

Ontem, disse presente. Não fui só eu e também não fomos cem porque fomos mais. Claro que não foram todos quantos eu gostaria mas a vida não é o que nós queremos e cada um de nós é apenas responsável pelas suas acções e ficará com a memória delas.
Ontem assinei a moção que contém um apelo aos sindicatos para a marcação de uma greve por uma semana, com a qual concordo, aliás por mim até era por tempo indeterminado por temer que as perdas serão bem maiores daqui para a frente se nada de mais radical se fizer... mas isso é outra história. Assim, greve por uma semana, por sectores, repartida dia a dia por ciclos e terminando numa greve nacional da função pública parece-me uma excelente proposta da Plataforma pela Educação e... vamos nessa Vanessa, assim os sindicatos se convençam da pertinência da mesma.
É claro que estou perfeitamente consciente que não faltará de entre nós quem a fure. Provavelmente a maioria. Provavelmente até os sindicatos...
E nós... temos penas... temos muitas penas... só nos restarão, talvez, as penas...



Por Braga foi assim.

Porque as Leis São Para Se Cumprir

Porque as Leis São Para Se Cumprir

"Nuno Crato arrisca pagar mais de sete milhões de euros aos docentes que não viram o contrato renovado."   

Porque é a hora de avançar, sem dó nem piedade, exigindo apenas a aplicação da lei que vigora neste país. Não se acanhem. Avancem!

Reencontro

Reencontro

Hoje foi dia de reencontro com os meus alunos. Tenho a sorte de trabalhar numa escola onde se privilegia, sempre que possível, a continuidade pedagógica e onde os alunos são, na sua esmagadora maioria, bem educados, simpáticos, cuidadosos, responsáveis, meigos, calmos... de tal forma que o nosso reencontro constitui, sempre, um momento de enorme prazer para mim, um dos poucos que conservo de uma Escola Pública que tem levado pancada atrás de pancada desde o tempo da mal amada MLR.
Iniciámos agora um dos anos lectivos mais penosos das nossas vidas profissionais. Não só porque a minha escola tem mais alunos mas menos professores, contrariamente ao que tem sido apregoado pelo ministro com especialização refinada em despedimentos, o que se reflecte num aumento de trabalho para quem fica e que já estava sobrecarregado em anos anteriores e agora ainda mais, mas também pelo peso de saber tantos e tantos, fruto de um jogo de sorte e de azar e do azar de ter assim uma tutela, desempregados, sem trabalho e nós com necessidade de tantos.
No meio desta ansiedade e angústia, bem disfarçada perante os alunos, valham-nos estes e as suas carinhas sorridentes neste início de ano lectivo para nos alentarem e darem força para continuarmos uma caminhada que se quer firme e segura. Veremos.
Por agora... obrigada alunos meus!

A Palavra a Medina Carreira

A Palavra a Medina Carreira

Aqui. Sobre a actualidade artística.

A Luta Continua

 A Luta Continua

Fui ao Porto cumprir mais uma jornada de luta em defesa da Escola Pública. Cheguei agora e carago! não há decepção que apague a satisfação do dever cumprido.
A luta continua... dia 29... Lisboa aqui vou eu....

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

A Luta Continua

 
A Luta Continua

Por enquanto a luta continua, também nestes moldes, nos moldes vigílias. Mas hoje, pelas 20 horas, farei a mim mesma o teste final quanto à minha participação futura neste tipo de luta mais independente, mais carta fora do baralho.
Se chegar à 2ª Vigília pela Educação e me deparar com a meia dúzia de professores gatos pingados do costume, sempre os mesmos a lutar por todos os outros que se acomodam, que não querem saber, que não estão para ter o trabalho, que não podem, que não querem, eu sei lá! garanto que arrumo este tipo de luta para canto resguardando-me apenas para as acções de luta promovidas pelo meu sindicato.
E esta é uma atitude egoísta? Pois é... mas pelo menos resguardo-me um pouco de tanta decepção...

domingo, 16 de setembro de 2012

Vigília - Sexta-Feira - Presidência da República

Vigília - Sexta-Feira - Presidência da República

"Os promotores das manifestações que reuniram, no sábado, centenas de milhares de pessoas em diversas cidades do país propõem a realização de uma vigília junto à Presidência da República, na sexta-feira, quando estiver reunido o Conselho de Estado."

Daqui.

Pode juntar-se ao grupo aqui. Infelizmente para mim não será possível comparecer... se bem que estarei por lá em pensamento.

A Luta Continua



A Luta Continua
 
De novo no Porto, de novo na Avenida dos Aliados e não menos importante. Amanhã será tempo de luta pela Escola Pública.

Manif - 15 de Setembro

Manif - 15 de Setembro

Com mensagens à mistura.
Eu também não consinto.


Manif - Porto

Manif - Porto

Aqui fica mais um documento para memória futura.


Manif - Porto

Manif - Porto

Como eles nos querem - "Sorria, você está a ser roubado".
Ou seja, "bardamerda e caladinhos".

sábado, 15 de setembro de 2012

Acordámos

Manif - Avenida dos Aliados - Porto
Fotografia surripiada ao João Paulo
 
Acordámos

Cheguei a casa. A manifestação, no Porto, superou as minhas melhores expectativas e foi simplesmente grandiosa, recheada de gente de todas as idades, dos mais novos, em carrinhos de bebé acompanhados pelos seus pais, aos mais velhos, gente de mais de setenta, de mais de oitenta... em todo o caso a classe média, em peso, na rua. Muitos pela primeira vez em todas as suas vidas. Não é caso do Manel pequenino que, filho de professores e apesar da sua tenríssima idade, conta já com duas manifestações no papo.
A situação é deveras preocupante e já há muita gente consciente disso.
Emocionante mesmo foi sentir o amor tão especial dedicado a todos os políticos que nos têm (des)governado e que insistem... insistem... insistem...
Só que nós acordamos...

Acordámos

 
 Acordámos

Hoje faremos ouvir a nossa voz.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Memória Fraca

Recorte surripiado aqui
 
Memória Fraca

Os povos têm aquilo que merecem?

Bardamerda e Caladinhos

Bardamerda e Caladinhos

Ouvi-o de viva voz e a expressão fez-me soltar umas boas gargalhadas, apesar da gravidade do momento. Vamos bardamerda e a tocar a sonata "caladinhos".


Eu vou! E tu?

Cartaz surripiado aqui.
 
Eu Vou! E Tu?

Comunicado do Sindicato Nacional da Polícia

Retirado daqui.
 
 Comunicado do Sindicato Nacional da Polícia

Lá estaremos.
Para ler, clique na imagem.

Mário Rita

Mário Rita

Gosto muito.


Mario Rita from BLOCO103 on Vimeo.

Pensamento do Dia - Farta de Políticos

Pensamento do Dia - Farta de Políticos

QUANDO OS SÓCRATES FOREM APENAS FILÓSOFOS;
OS ALEGRES APENAS CRIANÇAS;
OS CAVACOS APENAS INSTRUMENTOS MUSICAIS;
OS PASSOS APENAS OS DE DANÇA;
OS LOUÇÃS APENAS ERROS ORTOGRÁFICOS;
OS JERÓNIMOS APENAS MONUMENTOS NACIONAIS
OS JARDINS LOCAIS LAZER
E PORTAS SÓ DE ABRIR E FECHAR...

... VOLTAREMOS A SER FELIZES :)

Nota - Recebido por e-mail, assim mesmo numa gritaria que eu subscrevo. Estou farta de políticos.
Agradecida João Sardoeira!

A Palavra a Guilherme Valente

A Palavra a Guilherme Valente

Uma voz muito crítica face ao eduquês, ao facilitismo instituído na escola e no país.

Manif - Dia 15 de Setembro

Fotografia surripiada aqui
Autoria desconhecida
 
Manif - Dia 15 de Setembro

É importante que os políticos nos escutem. É importante que eles saibam que nós temos voz e opinião.
Já alinhavamos a logística para o grupo que sairá de Amarante, rumo ao Porto, rumo à manifestação. O grupo está a crescer. Iremos de comboio.
Quem alinha?

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Acampamentos - Dia 15

 
 Acampamentos - Dia 15

Confesso que por agora não montarei tenda na Avenida dos Aliados.
Mas para sábado, dia 15, para a manifestação que integrarei, já há quem esteja disposto a permanecer por tempo indeterminado. Uma coisa é certa, todos os dias há mais gente sem nada a perder e quando chegamos a este ponto... estamos, de facto, num ponto perigoso.
Junte-se aqui, se assim o entender.

Nota - Tenho de arranjar uma buzina...

Protestos

Protestos

"A polícia está cá fora, os ladrões estão lá dentro" é o que se grita à porta do primeiro-ministro, neste preciso momento.

PPC está a deitar-se na cama por ele feita.

A Palavra a Santana Castilho

A Palavra a Santana Castilho

Aqui. Não perca.

"Horário Gruyère"

 
"Horário Gruyère"

O horário que hoje partilho, e que foi surripiado aqui, no blogue do Paulo Guinote, conjuntamente com o título deste post, é somente o exemplo daquilo que não deve ser feito... a não ser que se queira um docente completamente desmotivado, estafado, arrasado, furibundo, e este é apenas um exemplo dos "Horários Gruyère" que começam a surgir na Internet.
Não coloco aqui o meu, nem o de muitos que já vi de professores da minha escola, praticamente todos 5 estrelinhas, obrigada Elisabete!,apenas recebidos ontem mas que tiveram o condão de deixar quase todos os professores da minha escola de sorriso rasgado de orelha a orelha. Ao menos uma alegria neste tempo conturbado que vivemos. Já não chega ser tudo tão mau? Um horário destes é coisa respeitadora do trabalho de um professor? Dignifica-o? Incentiva-o? E se a isto acrescentarmos turmas complicadas e deslocações de muitos quilómetros para trabalhar... temos apenas a receita perfeita para que estes professores estejam de baixa médica em pouco tempo.
Será o pretendido?

A Palavra a Pedro Santos Guerreiro

A Palavra a Pedro Santos Guerreiro
 

A Palavra a Constança Cunha e Sá

A Palavra a Constança Cunha e Sá

Aqui. Vale a pena escutar com atenção.

A Palavra a Medina Carreira

A Palavra a Medina Carreira

Há muitos anos que o escuto com muita atenção e há muitos anos que partilho a sua palavra neste blogue. Apenas porque ele está cheio de razão. Escutem-no.
O governo está capturado. E sim, há "negócios da droga" com o estado.
E sim, o panorama é aterrador.


A Palavra a Helena Roseta

A Palavra a Helena Roseta

Não roubem mais os pobres! Não podem continuar a fazer isto!

Excelente Notícia

Excelente Notícia

E não, não estou a ser irónica.

Cientistas portugueses estão de parabéns por ganharem bolsas milionárias.

Homem Atira Ovo à Ministra

Homem Atira Ovo à Ministra

E dá uma data de aldrabões aos membros deste governo. Desde sexta-feira passada, a deterioração do clima político tem sido alucinante. E é bem capaz de piorar.

A Palavra a Manuela Ferreira Leite

A Palavra a Manuela Ferreira Leite

Imperdível. Aconselho o visionamento da entrevista de Manuela Ferreira Leite, à TVI24, a todos os meus leitores. Na íntegra, aqui. O governo foi derretido.

Que se Lixe a Troika, Queremos as Nossas Vidas

Que se Lixe a Troika, Queremos as Nossas Vidas

Dia 15. Por todo o país. Consulte aqui o mapa da contestação crescente. Organize-se. Compareça. Não seja um treinador de sofá.

Ah! E a manif chegou a Londres. Siga aqui.
 
Creative Commons License This Creative Commons Works 2.5 Portugal License.